Unidade cobre região com difícil acesso a exames de alto custo como mamografia preventivo de câncer de colo uterino. Região do Vale do São Patrício está sendo coberta pela atenção da Policlínica Regional de Goianésia

A Unidade Móvel de Prevenção de Câncer de Mama e Colo Uterino fecha essa semana um ciclo de atendimentos a mulheres dos municípios de Itapaci e São Luís do Norte, levando exames de mamografia e Papanicolau para pacientes agendadas pelo Complexo Regulador.

A Carreta da Prevenção, como é chamada a unidade está percorrendo cidades da Região do Vale do São Patrício atendendo mulheres que têm exames agendados em sintonia das Secretarias Municipais de Saúde e a Superintendência de Regulação da Secretaria Estadual de Saúde de Goiás.

A previsão é de realizar 270 mamografias e 200 exames cito-patológicos (Papanicolau) até essa sexta-feira. Quando foi confirmada a presença da Carreta da Prevenção para Itapaci as equipes tiveram um prazo curto para agendar com mulheres do município e de São Luís do Norte, explica a secretária de Saúde de Itapaci, Luciana Jacinta Pereira.

“Estamos com nossas equipes muito focadas na campanha de imunização contra o covid-19 e não pudemos atingir mais as mulheres em nosso município. Mas, mesmo assim foi muito bom receber esse benefício do Governo de Goiás em nossa cidade”, frisa.

A faixa etária de mulheres atendidas com mamografia é de 35 anos acima, conforme o protocolo da Policlínica Regional de Goianésia, unidade que a Carreta da Prevenção é vinculada. A própria secretária foi incluída no exame e elogiou as profissionais que a atenderam. “São profissionais muito humanas e atenciosas, o que deixa as pacientes muito à vontade para realizar esses exames”.

A demanda de mulheres por mamografia em Itapaci é de aproximadamente 800 pacientes, o que obriga a Prefeitura a agendar para Goiânia e providenciar transporte para essas pacientes. Luciana disse que aguarda para breve o retorno da Carreta da Prevenção para Itapaci. “Já estamos buscando junto à Secretaria Estadual de Saúde um retorno da unidade Móvel para nossa cidade afim de zerarmos a fila de espera por mamografia”, finaliza.

Ajustar fonte