Unidade móvel vai realizar mamografias e Papanicolau durante as duas semanas em que ficará na cidade, após lançamento do programa pelo secretário de Estado da Saúde

Coordenada pela Policlínica de Goianésia, essa Unidade Móvel de Prevenção do Câncer de Mama e de Colo Uterino ficará essas duas próximas semanas em Uruana, na Região do Vale do São Patrício. A Carreta da Prevenção, como é chamada terá como meta atender as 575 mulheres agendadas para realizar mamografia e preventivo de câncer de colo uterino.

O secretário de Estado da Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino, fez o lançamento do programa, com o prefeito de Uruana, Nei dos Reis Cruz, e da secretária municipal de Saúde, Júbia Ribeiro. “Hoje, a Secretaria de Saúde de Goiás tem uma atenção com a mulher em todas as suas necessidades, e a prevenção é a melhor forma de dar atendimento de saúde integral e humanizado”, frisou Alexandrino.

O município de Uruana tem um número estimado de 1.584 mulheres acima de 50 anos, que compõem a principal demanda por exames de alto custo, a exemplo da mamografia. Júbia Ribeiro comenta que a espera para realizar uma mamografia chegava a seis meses para entrar na regulação em Goiânia.

Ela lembra ainda as dificuldades de o município providenciar transporte para as pacientes, estadia em casa de apoio e outras complicações. “Termos essa parceria com o Governo de Goiás, agora que traz a Carreta da Prevenção até nossa cidade, é uma ajuda substancial que precisamos agradecer muito”, explica.

Diretora da Policlínica Regional de Goiânia, Deise Bosso comentou que o objetivo é prestar um atendimento rápido, preciso e humanizado. “Nossas equipes vão atender de segunda a sexta-feira e realizar até 34 mamografias e preventivos por dia. Nossa meta é reduzir ao máximo a fila de espera e atender da forma mais humanizada possível essa população”, garantiu.

Helmiton Prateado/Instituto CEM

Foto: Iron Braz

Ajustar fonte